ursopreto.com
10 filmes biograficos - O primeiro Homem

Os Melhores Filmes Biográficos de 2018

Quando ouvimos falar em filmes biográficos, logo vem em mente filmes chatos, sem roteiros, sem qualquer tipo de ação e drama, sem revira voltas na história, mas não é bem assim, muitos filmes são feitos com base na história de pessoas inspiradora e contagiantes, com dramas, ação, comédia, uma discurso tocante, esses filmes podem surpreender. Você vai os melhores filmes biográficos de 2018.

Bucha & Estica (2018)
7.3
Laurel & Hardy, os comediantes mais famosos do mundo, tentam reacender as suas carreiras cinematográficas mas embarcam no que se irá tornar o seu canto de cisne – uma exaustiva tournée teatral na Grã-Bretanha do pós-guerra.
Colette (2018)
6.8
Após casar-se com um escritor conhecido como “Willy”, Sidonie-Gabrielle Colette muda-se da sua aldeia para Paris, onde acaba por conhecer o meio artístico e cultural da cidade. O marido convence-a então a ser a escritora-fantasma dele e Colette escreve um romance inspirado nela própria que, inesperadamente, se torna um best-seller e estimula a mais livros na mesma linha...
O Cavalheiro com Arma (2018)
6.8
A história de Forrest Tucker, desde a sua audaciosa fuga da prisão de San Quentin aos 70 anos de idade, a uma série de roubos sem precedentes que confundem as autoridades e encantam o público. Envolvidos na perseguição estão John Hunt (Casey Affleck), um detetive cativado pelo talento de Forrest no seu ofício e uma mulher (Sissy Spacek) que o ama, apesar de tudo.
O Primeiro Homem na Lua (2018)
7.4
A história da primeira missão tripulada à lua, focando-se em Neil Armstrong e na década que antecedeu ao histórico voo espacial Apollo 11. Um relato visceral e intimo contado através da perspetiva de Armstrong, que explora os triunfos e os sacrifícios – de Armstrong, da sua família, companheiros e da própria nação – numa das missões mais perigosas da história da humanidade.
Green Book - Um Guia Para a Vida (2018)
8.3
Tony Lip está à procura de trabalho depois do encerramento do Copacabana, a discoteca onde era segurança e porteiro. Conhece então o pianista Don Shirley, que o desafia a conduzi-lo numa digressão pelo Sul dos Estados Unidos. Na viagem, começam por entrar em rota de colisão, mas um vínculo forte começa a crescer entre os dois.
BlacKkKlansman: O Infiltrado (2018)
7.5
No início dos anos 70, período de grande agitação social onde a luta pelos direitos civis vai enfurecendo. Ron Stallworth torna-se o primeiro detetive afro-americano do Departamento da Polícia de Colorado Springs, mas a sua chegada é vista com ceticismo e abre hostilidades nos vários departamentos...
Can You Ever Forgive Me? (2018)
7.2
No seguimento do falhanço comercial da sua biografia de Estée Lauder, a autora Lee Israel debate-se com um bloqueio criativo, com alcoolismo e com graves problemas financeiros – ao ponto de vender a um livreiro uma carta pessoal que lhe fora enviada pela diva Katharine Hepburn. Fechado o negócio, Lee decide começar a forjar cartas de escritores, dramaturgos e actores entretanto desaparecidos, ornamentando os escritos com pormenores íntimos destinados a subir o preço desses alegados testemunhos...
À Porta da Eternidade (2018)
6.9
Um olhar sobre a vida de um dos maiores génios da pintura, Vincent Van Ghogh. Este filme de Julian Schnabel debruça-se sobre o tempo em que o artista holandês viveu nas povoações francesas de Arles e de Auvers-sur-Oise.
Prece ao Nascer do Dia (2017)
6.9
Billy Moore (Joe Cole) é um jovem e problemático pugilista inglês que, durante uma estada na Tailândia, é acusado de posse de droga e enviado para uma das prisões mais duras do país. Recusando-se a morrer nos confins da cadeia, Billy torna-se um aprendiz da arte letal que é o Boxe Tailandês e através desse processo conquistar a redenção e liberdade.
A Favorita (2018)
7.6
No início do século XVIII, em Inglaterra, uma frágil rainha Ana (Olivia Colman) sobe ao trono, mas quem governa o país é a sua amiga Sarah Sarah (Rachel Weisz). Quando uma nova criada (Ema Stone) chega ao palácio, irá ao encontro de Sarah graças aos seus encantos. Um filme de época que mereceu excelentes críticas e foi distinguido no Festival de Veneza.