ursopreto.com
Personagens de One Day At a Time

One Day At A Time está de volta!

One Day At A Time, a série original da Netflix, está de volta! E com ainda mais críticas e cenas maravilhosas para aquecer seu coração. Depois de alguns meses de espera, a terceira temporada da série finalmente estreou, e a maioria das pessoas a maratonou em menos de dois dias. Isso porque a combinação de episódios de 30 minutos + bom conteúdo faz com que seja impossível parar.

 

Tivemos duas temporadas bem fortes e e até mesmo pesadas, devido as histórias que rodearam a família Alvarez. Elena saindo do armário e esperando uma aprovação de sua família, Lydia lidando com o preconceito de ser Cubana e outros assuntos tão polêmicos, mas que são bem presentes em nossa realidade. Porém, diferente das temporadas anteriores, essa terceira não trouxe uma storyline tão retilínea, e mais momentos separados que fazem a vida dos personagens.

Elena continua passando por toda a questão de sua sexualidade, sempre lutando pelas coisas que acredita. O destaque dessa temporada pode ser dado a Penélope, que está lidando com Estresse Pós-Traumático, como ansiedade e depressão. Uma nova trama interessante se faz em volta da maravilhosa Abuelita, que está em fase de entendimento que não pode mais fazer coisas que fazia há 10 anos atrás. Todos esses assuntos, trazidos de forma impactante, mas sem perder seu humor e graciosidade.

Outra mudança importa é em relação aos personagens secundários, que nessa temporada receberam uma atenção especial. Schneider aparece mais tendo que lidar com seus próprios problemas, que envolvem alcoolismo e vício de drogas. A temporada tem muitos episódios focados na questão do vício e do jovem precisar se envolver com drogas pela questão da sociedade. É aí que Alex tem sua própria história, diferente das outras temporadas, em que o personagem era mais secundário. Leslie tem também uma aparição maior, melhorando seu relacionamento com Lydia e seguindo sobre sua vida pessoal em relação as suas filhas.

Um dos assuntos que One Day At a Time já bate tecla desde o começo é em relação ao machismo, e ela continua assim. Muitas discussões ao redor do que acontece na vida das três mulheres da família, e é interessante ver o ensinamento que Schneider e Alex levam e aprendem a partir das experiências delas.

Podemos dizer que a segunda temporada traz um ar diferente para a série, mas tudo com muita leveza. Os assuntos polêmicos que a série trata nunca são ditos como: isso é certo, e isso é errado. Na maioria das vezes, ela traz o problema e cria toda uma discussão ao redor dela, para que você de casa comece a se perguntar e duvidar se tal comportamento é realmente normal ou não. O mais interessante é de como essa reflexão é trazida de forma que nem você mesmo percebe, e quando vê, já está analisando o seu dia a dia de forma diferente.

 

Já assistiu a terceira temporada de One Day At a Time? Conta pra gente o que você achou!